Tebosa

Caros Tebosenses,

ao longo de vários anos desempenhei com brio, responsabilidade e orgulho as funções de Presidente da Junta de Freguesia. Fui eleito e, por três vezes, reeleito por si que, acredito, se reconhece no trabalho e na obra bem visível que deixamos.

Após um intervalo de 4 anos, imposto pela Lei da Limitação dos mandatos, regresso como candidato do PS à JF. Não o faço por apego ao poder, longe disso. Quem me conhece sabe bem que não ligo a essas coisas.

Faço-o por um imperativo de consciência, assente na disponibilidade para, através da vida pública, servir a minha terra e os meus concidadãos.

Faço-o “Porque TEBOSA Merece” ter uma JFreguesia a trabalhar num registo sério e determinado, propondo-me, para o efeito, a liderar uma equipa, um coletivo de gente que conhece bem a sua comunidade e para ela quer o melhor.

Na qualidade de candidato, é minha obrigação falar-vos do futuro (o que farei num Compromisso Eleitoral que, em breve, vos darei a conhecer), do que pretendemos fazer por Tebosa, mas convém lembrar que não existe nenhum futuro se não conhecermos bem o nosso passado e se não construirmos com firmeza o presente.

Ao longo dos anos em que tive o privilégio de liderar os destinos da Junta de Freguesia de Tebosa, a nossa comunidade e o nosso território conheceram indiscutível progresso e desenvolvimento.

Disso são, entre muitos outros, exemplos a “escolinha”, bem no coração da freguesia, onde muitos dos mais jovens aprenderam as primeiras lições, bem como a UNIDADE DE SAÚDE DE CUIDADOS PRIMÁRIOS, equipamento de grande importância para a população e que, ao contrário de outros que, em freguesias e concelhos vizinhos, foram encerrados ou ficaram com serviços reduzidos, permaneceu, por força das estruturas e instalações exemplares, aberto, em pleno funcionamento e ao serviço de toda a população da freguesia e das freguesias vizinhas.

Foi assente nesse passado virtuoso, levado a cabo a pensar na nossa terra, nas pessoas, na sua qualidade de vida e que, estamos certos, perdurará para o futuro das gerações mais jovens e, também, para contrariar os últimos quatro anos de atraso e conformismo que aceitei o desafio de regressar, de forma a procurar dar continuidade a um projeto que, em todos os momentos, dedicou o melhor de si a Tebosa.

Fui e serei, sempre, leal a esta terra e a este povo ”Porque TEBOSA Merece”.

Um abraço amigo,

Francisco Araújo